Ubatuba – hospedagem em um veleiro

Em junho de 2017 ganhei uma viagem surpresa de aniversário do Vi (muito fofo hehe) e nesse post vou escrever sobre essa viagem e principalmente sobre a hospedagem!

Para quem ainda não sabe, eu e o Vi adoramos velejar, o Vi está fazendo alguns cursos e estamos encantados por esse mundo da vela.

Acompanhe nossas viagens em tempo real através do nosso Instagram: @viajecasal

A viagem foi para Ubatuba no litoral norte de São Paulo. Mas nossa hospedagem foi um pouco diferente do convencional: ficamos hospedados 4 dias em um veleiro, aqueles barcos movidos com a força do vento sob as velas içadas, tipo as caravelas portuguesas, de 29 pés (+/- 9 metros de comprimento), e nem preciso dizer o quanto AMEI essa surpresa né?

Sobre ficar hospedado em um veleiro:

O Vi encontrou esse tipo de hospedagem pelo Airbnb.

Segue o link do Veleiro Brenda que ficamos hospedados: https://www.airbnb.com.br/rooms/9168360

Imagine que ficar hospedado em um veleiro é como ficar em uma casinha sob o mar. É poder sentir a natureza e suas mudanças de humor durante o dia todo. É escutar o barulho dos peixes pulando, é ter o privilégio de não perder nenhum pôr-do-sol, é poder admirar o céu estrelado e ouvir o som do mar a todo momento.

Sem dúvidas, uma experiência incrível e super romântica (fica a dica pra quem quer surpreender seu amado/a hehe).

 

Mas Ciça, o veleiro fica lá no meio do mar? Balança muito? Como chegar até ele?

Recebi essas e outras dúvidas e vou explicar tudo pra vocês!

O Veleiro Brenda fica em uma poita (preso por um cabo que fica preso em uma placa de concreto no fundo da água) localizado no Saco da Ribeira, em Ubatuba. Nesse local ficam dezenas de veleiros por justamente ser um local abrigado, de águas muito calmas.

Para chegar até o veleiro, existe a Associação dos Usuários da Marina do Saco da Ribeira, a AUMAR, que presta serviço de transfer píer/barco/píer no Saco da Ribeira e estava incluso durante nossa hospedagem. Eles possuem barcos à motor que levam e buscam as pessoas do píer público para os seus veleiros e vice-versa. Durante feriado e final de semana esse serviço é 24 horas, o que foi ótimo, pois a gente podia sair para jantar, passear pela cidade e voltar pro veleiro a hora que quiséssemos.

O veleiro Brenda possui cozinha, sala, mesa de jantar, 2 quartos e banheiro, para os alimentos frescos há uma caixa de gelo. Acomoda um casal tranquilamente. E o melhor de tudo: a piscina! Isso mesmo, ao redor do barco há somente água

Para dormir foi uma delicia! O barco balança bem tranquilamente e ajuda a embalar o sono. Hehe Foi super tranquilo!

Cozinhamos todos os dias no veleiro e é igual uma cozinha normal, só que menorzinha. A gente se virou super bem lá!

O dono do veleiro nos enviou um manual para conseguirmos manusear tudo dentro dessa casinha sobre o mar e foi bem fácil. Quem nunca teve contato com veleiros consegue tranquilamente seguir as orientações.

cozinhando no veleiro
Almoço feito no veleiro

Praias que conhecemos durante essa viagem

Praia da Ribeira

O veleiro fica bem próximo da Praia da Ribeira, uma prainha super tranquila e quase deserta. Nós temos 2 boias redondas e fomos nadando até a praia.

A Praia da Ribeira tem águas mega tranquilas, uma piscina praticamente! Ficamos curtindo o fim de tarde nesse paraíso só pra gente.

 

praia da ribeira

gptempdownload

 

Praia Domingas Dias

Saímos de carro um dia para conhecer a Praia Domingas Dias, que fica à 10 minutos de carro do Saco da Ribeira.

A praia fica dentro de um condomínio fechado e custa 12 reais por carro para entrar e poder estacionar dentro do condomínio que é próximo da entrada da praia.

Outra praia com águas bem calminhas. Eu particularmente adoro! Como junho é fora da alta temporada não havia opção para um lanche, havia somente um ambulante vendendo milho e algumas poucas bebidas não muito geladas e outro vendendo queijo coalho, então, se puder, leve um lanche caso vá ficar um tempo considerável por lá.

No TripAdvisor essa praia é a número 1 de Ubatuba! Por isso optamos por conhecê-la, já que estávamos bem pertinho.

Alguns veleiros partes do Saco da Ribeira e ancoram por lá para passar o dia, deve ser demais levar sua casinha para qualquer praia né.

 

Ilha Anchieta

Contratamos um dia de charter com o dono do veleiro e colocamos a casinha pra passear! Já qu Hehe

O dono, o Capitão Antônio, nos indicou algumas praias localizadas na Ilha Anchieta, a segunda maior ilha do litoral de São Paulo, então soltamos as amarras, içamos as velas e velejamos até lá. Talvez a melhor parte da viagem foi essa, navegar sem ter o barulho do motor, sem pressa, conversando, descansando, etc..

Fizemos 2 paradas durante o passeio que durou 8 horas.

A primeira parada foi na Praia do Sul, virada para o continente. Uma praia pequena e super charmosinha! Água verde esmeralda, com algumas árvores grandes que foram ótimas para ter aquela sombrinha de frente para o mar. Abaixo uma foto do canto da praia com o veleiro Brenda ao fundo.

ilha anchieta

A segunda parada foi na Praia do Presídio, onde aproveitamos para preparar o almoço e curtir o fim de tarde. Aqui a água já estava um tanto gelada, mesmo assim o Vi ficou pulando do veleiro para o mar algumas vezes hehe.

ilha-anchieta-ruinas-ubatuba7
Fonte: https://naturam.com.br/ubatuba/ruinas-do-presidio/

 

Um pouco sobre a história da Ilha:

“A Ilha Anchieta era habitada pelos índios Tamoios e Tupinambás. Eles chamavam a ilha de Tapira = lugar calmo.

A ilha foi habitada por índios até o início do século XIX e foi batizada pelos colonizadores como Ilha dos Porcos, em 1904 teve nela instalada uma colônia correcional, posteriormente se transformando em presídio político.

Em 1955, após intensas rebeliões carcerárias, o Presídio foi desativado.O nome da ilha foi mudado para Ilha Anchieta em 1934, como parte das homenagens ao quarto centenário do nascimento do Padre José de Anchieta.” Fonte: (http://www.ilhaanchieta.com.br/)

Para saber mais sobre a Ilha Anchieta acesse os site: http://www.ilhaanchieta.com.br/

RESUMÃO DO V.C. :

Hospedagem no Veleiro Brenda: 5 diárias R$989,00

(Charter) Passeio com o Veleiro Brenda até a Ilha Anchieta: R$700,00

Entrada na praia Domingas Dias: R$12,00 por carro

Alimentação:

Mercado para café da manhã, almoço e bebidas: R$340,00

Jantar no Restaurante Raizes: R$278,00

Jantar na Pizzaria São Paulo: R$159,00

Sobremesa após a pizza na Gelateria São Paulo: R$19,00

Jantar no Restaurante Perequim: R$308,00

Total/Casal: R$2.805,00

 

 

6 comments

    1. Nesse veleiro ficamos sozinhos sim. O dono do veleiro foi apenas no dia que contratamos um passeio com ele. Ai ele conduziu o barco por algumas praias da Ilha Anchieta =)

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *