Roteiro de 3 dias em Pucón – Sul do Chile

Com toda certeza, Pucón foi nosso destino preferido durante nossa viagem pelo sul do Chile!!!!

Quer saber tudo sobre o nosso roteiro de Santiago até Puerto Varas? Clique aqui!

Assim que chegamos em Pucón, ficamos encantados, sério!!!
Nos hospedamos no Frontera Pucón Hostel B&BQUE HOSTEL! SEM PALAVRAS! Queríamos morar lá para sempre! haha

Acompanhe nossas viagens em tempo real através do nosso Instagram: @viajecasal

 
O dono do hostel, Léo, é brasileiro e nos recebeu muito bem. Logo no check-in ele nos entregou um mapa de Pucón feito por ele com todos os pontos turísticos, principais restaurantes e supermercados. E juro, no momento em que ele nos explicava sobre os pontos turísticos decidimos mudar nossa reserva de 2 noites para 3 noites (nossa vontade era ficar muito mais hehe).
Nossa reserva no hostel estava incluído quarto com suite privativa, aquecedor e vista para o vulcão (SIM! VISTA PARA O VULCÃÃÃÃO! =D), wifi, café-da-manhã, vaga na garagem e uso da cozinha. Tudo perfeito e impecável!
Check-in feito, subimos para o nosso quarto. Deixo apenas essas fotos abaixo para entenderem o motivo do nosso amor pelo Frontera Pucón Hostel B&B e por Pucón!
SIM, NOSSO QUARTO TINHA VISTA PARA O VULCÃO VILLARICA, já disso isso?? hahaha s2
pucon1pucon2

pucon3

IMG_2608
Amei essas poltronas quentinhas!
DIA 1 – OJOS DEL CABURGUA, LAGO CABURGUA E VULCÃO VILLARICA
Depois de guardar nossas malas e comemorar pela ótima escolha de hospedagem =), fomos até o mercado comprar coisinhas para comer. Compramos pão, frios, empanadas (foi nosso almoço), suco, água e coca-cola.
Pronto, abastecidos, partimos para o tão famoso Ojos del Caburgua.
Seguimos as orientações do Léo, dono do hostel, para chegar até Ojos del Caburgua por um caminho diferente do tradicional. O caminho é em estrada de terra, mas vale MUITO a pena, pois no meio do caminho encontramos esse rio com essa cor verde esmeralda sensacional!
IMG_2631
Ojos del Caburgua é um conjunto de quedas d’agua à aproximadamente 20km do centro de Pucón que formam lindos lagos de água cristalina.
Chegamos lá por volta das 13hrs e pagamos 2 mil pesos por pessoa para entrar.
Corremos tanto no mercado justamente para não perder o momento em que o sol fica bem no meio e ilumina os lagos e a água fica em um tom de azul incrível!

fotos OJOs

Após curtir esse lugar mágico, voltamos pelo caminho tradicional através da estrada asfaltada mesmo e seguimos até o Lago Caburgua, que fica mais 15km a frente do Ojos del Caburgua.
Esse lago é enorme, não dá para ver o fim dele.Perfeito para fazer stand-up.
DCIM102GOPROG0611358.
 Depois de conhecer o lago Caburga, voltamos até o centro de Pucón e seguimos em direção ao Vulcão Villarica. Como o vulcão estava com pouquíssima neve e estávamos com pouco tempo, não valia a pena fazer trekking. Mas quem quiser saber mais informações sobre trekking no Villarica, pode acessar esse link que me ajudou muito e esclareceu muitas duvidas sobre o trekkking, em uma próxima ida a Pucón com certeza faremos:
Chegando no começo da estrada até o Vulcão Villarica, seguimos primeiro em direção às covas vulcânicas, e é impressionante ver o caminho que as lavas fizeram e as marcas que elas deixaram no solo e vegetação.
IMG_2706
Voltamos até o inicio da estrada para pegar a direção até a base do Vulcão.
Como fomos em abril/16 a estação de esqui estava fechada, mas pudemos admirar esse vulcão enorme e super ativo bem de perto. Assustador e encantador ao mesmo tempo hehe
DCIM102GOPROG0621403.DCIM102GOPROG0621381.IMG_2717
Encerramos o dia com um jantar maravilhoso no Restaurante Fiorentini.
O restaurante é bem charmoso e fica bem no centro da cidade. Eu (Ciça) escolhi o famoso prato de tilápia recheada de salmão (parece estranho mas é delicioso). O molho de azeite com vieiras, lulas, cogumelos e camarões veio separado.
IMG_2734
O Vi escolheu uma carne com batata e queijo.
IMG_2735
DIA 2 – VULCÃO LANIN, LAGO QUILLELHUE E SALTO CHINA
Acordamos cedinho e seguimos em direção ao vulcão Lanin, que fica na fronteira do Chile com a Argentina – San Martin de los Andes (80km de Pucón até o Vulcão Lanin).
Infelizmente o tempo estava muito nublado e quando chegamos no Vulcão só conseguimos ver a base dele. Esperamos quase uma hora para ver se o tempo iria abrir para poder ver o vulcão inteiro, mas não rolou.
Nossa ida até lá não foi perdida, pois o caminho até lá é lindo!! Paisagens que mais parecem de filmes e bem pertinho do vulcão pudemos conhecer o lago Quillellhue.
IMG_2751
DCIM102GOPROG0631478.
IMG_2760
Estava muito frio e garoando, acho que dá para perceber pela minha cara na foto acima haha
No caminho de volta para Pucón desviamos um pouco o caminho em direção à pequenas quedas dágua . Paramos no Saltos China. Tivemos que pagar 2mil pesos por pessoa, mas não achamos que valeu a pena. A estrutura era mega simples e não ficamos lá nem 10 minutos.
IMG_2762
Nesse dia acabamos não almoçando, só comemos alguns lanches que compramos no mercado e comemos no carro.
A noite fomos jantar na Pizzaria Cala. Adoramos a pizza. O Vi, que não curte muito pizza, amou. E eu que já amo pizza, gostei mais ainda. Massa fininha e bem recheada.
IMG_2816
DIA 3 – TERMAS GEOMÉTRICAS E PRAIA PUCÓN 
No nosso ultimo dia em Pucón optamos por relaxar no mais famoso Termas da região, o Termas Geométricas, que fica à 80km de Pucón.
E a sua fama não é a toa. Quando chegamos, já ficamos impressionados com a beleza e organização desse lugar. Logo na entrada recebemos toalha e cadeado para guardar nossas roupas no armário.
IMG_2821
O termas é bem grande, com mais de 15 piscinas que chegam à até 45ºC.
Ele fica localizado entre roxas e vegetações, com as piscinas em formatos geométricos (dai vem o nome do Termas hehe) e possui uma cachoeira natural, de onde vem às águas que se aquecem ao passar pelas roxas que estão em uma área vulcânica.
Lá dentro possui uma lanchonete, nós fizemos lanche com presunto e queijo no hostel e levamos na nossa mochila (foi nosso almoço).
Leve roupa de banho e uma troca de roupa, pois lá possui vários vestiários com armários e você pode se trocar antes de ir embora.
A entrada varia de 20mil pesos à 25mil pesos, depende do horário que você chegar. Lá possui estacionamento gratuito.
Esse passeio vale muito a pena, fomos em Abril/2016 e estava bem frio (aproximadamente 3ºC) e foi uma delicia ficar se aquecendo nessas piscinas quentinhas.
DCIM103GOPROG0772134.DCIM103GOPROG0731980.DCIM102GOPROG0701824.DCIM102GOPROG0711882.DCIM102GOPROG0721956.
Na volta para Pucón, paramos na “Praia” Pucón para ver o por do sol. A “praia” é no lago Villarica, que é enorme e até faz umas ondinhas pequenas hehe.
IMG_2866IMG_2842
E para fechar Pucón com chave de ouro, fomos jantar no belíssimo restaurante La Maga. A especialidade lá é carne.
IMG_2905
IMG_2907
 Mapa com principais pontos turísticos de Pucón e região:
mapa pucon
Fonte: http://www.lahistoriaconmapas.com/atlas/country-map03/villarrica-chile-map.htm

 

RESUMÃO DO V.C.

  • Onde? Pucón – Chile
  • Quando? Abril/2016
  • Passeios:
    • Dia 1
      • Ojos del Caburga: $6,17 dólares/casal
      • Lago Caburga: Gratuito
      • Covas vulcânicas e base do vulcão Villarica: Gratuito
    • Dia 2
      • Vulcão Lanin: Gratuito
      • Lago Quillelhue: Gratuito
      • Salto China: $6,17 dólares/casal
    • Dia 3
  • Alimentação:
    • Dia 1:
      • Almoço: 2 empanadas, suco, água, 2 refrigerantes  e batata no mercado: $8,80 dólares/casal
      • Janta: Restaurante Fiorentini: $58,70 dólares/casal
    • Dia 2:
      • Almoço: pão de forma com presunto e queijo comprados no mercado: $19,24 dólares/casal
      • Janta: Pizzaria Cala: $25,87 dólares/casal
    • Dia 3:
      • Almoço: Sanduíche que levamos para o Termas: $10,81 dólares/casal
      • Janta: Restaurante La Maga: $59,98 dólares/casal
  • Gastos :
    • Hospedagem $252,00 dólares / 3 noites
    • Alimentação: $183,40 dólares/casal
    • Passeios: $74,13 dólares/casal
    • Total para 1 casal: $509,53
      • Valor do Peso chileno em relação ao Real à época: 174
      • Valor do Dólar americano em relação ao Real à época: 3,72

 

FIQUE CONECTADO FORA DO PAÍS!!!!

Se as nossas dicas te ajudaram de alguma forma, nos ajude a continuar mantendo o blog atualizado adquirindo seu chip pelo link abaixo.

VOCÊ NÃO PAGA NADA A MAIS POR ISSO! E nós recebemos uma pequena comissão que utilizamos para manter os custos do site =)

  • Chip de celular no exterior: Nós utilizamos em todas as viagens internacionais e sério…ajuda muitooo! Antes mesmo de ser nossos parceiros, a gente comprava o chip e sempre funcionou super bem! Recebemos o chip pelos correios em casa e já colocamos o chip no celular dentro do avião. Assim que chegamos o chip já está funcionando! Ele funciona em mais de 140 países! Para ver os preços e adquirir o chip basta acessar o link: EasySim4u

 

 

 

 

 

5 comments

  1. Olá!
    Parabéns pelo roteiro.
    Eu e meu marido vamos a Pucon nos dias 15 a 18 de setembro.
    Gostaria de saber se vale a pena alugar carro para fazer os passeios por conta.
    Obrigada!

    1. Olá! Muito obrigado pelo Feedback!
      Pra nós valeu muito a pena estar de carro alugado, apesar da cidade de Pucón ser bem pequena e de ser possível conhecê-la toda andando a pé, os passeios são longes e não depender do horário das agências de turismo era primordial pra gente. A estrada toda é bem tranquila e sinalizada. Qualquer dúvida é só chamar. Boa viagem! (Pucón é lindo demais!!!!)

  2. Nossa, me bateu uma saudade. Eu fiz exatamente esses passeios. Pucon pra mim é um dos lugares mais lindos do mundo. Vcs lembram qual era o nome do lugar que alugaram carro? Queria indicar para uma amiga que vai agora em junho, mas não lembro. Eu aluguei no lugar que o Leo indicou. Parabens pelo blog de vc!!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *